É Possível Comprar Seguidores por Região?

É Possível Comprar Seguidores por Região

Existem diversas razões para perguntar se é possível comprar seguidores por região. E isso vai depender muito do seu negócio e da sua estratégia de marketing digital.

O que você precisa ter em mente é que não é mais possível ignorar a força que o Instagram, atualmente. A rede social deixou de estar associada, simplesmente, ao lazer e entretenimento. De fato, ela tem um lado profissional fortíssimo.

Logo, a sua postura para com ela deve ser, igualmente, profissional. Ou seja, você precisa tomar o controle de alguns aspectos, sem esperar que eles aconteçam, espontaneamente, o tempo todo.

E isso inclui a captação de seguidores. Ao menos, no início de sua estratégia de marketing digital, quando isso se mostra, sensivelmente, mais difícil.

Mas, como sabemos, o marketing digital tem, por característica, um orçamento mais enxuto que o tradicional. Logo, os investimentos precisam ser mais assertivos. E isso inclui a compra de seguidores.

Algumas vezes, é mais interessante que você segmente esses seguidores por região. Por diversas razões, na verdade. Pois saiba que isso é possível.

E falar disso é, exatamente, o nosso objetivo hoje. Mostraremos as razões para você fazer essa segmentação e como, de fato, comprar seguidores por região. Fique com a gente para saber mais e uma boa leitura.

Características Principais do Marketing Digital

Quando estamos falando de promover a sua empresa, através do Instagram, estamos falando, essencialmente, de marketing digital. Esse é um termo que muitos já ouviram falar. Mas que poucos, efetivamente, conhecem.

Podemos falar que o marketing digital consiste, basicamente, em aplicar técnicas de marketing a um ambiente de internet. No entanto, o meio eletrônico tem suas características próprias.

A primeira é a forma de comunicação. Enquanto no marketing tradicional, essa se dava na forma de um para muitos, no meio digital essa pode ser de muitos para muitos ou, até, de um para um.

Mesmo assim, ainda é possível alcançar um grande número de pessoas. No entanto, ele pode ser menor. Mas isso pode ser positivo. Afinal, você estará alcançando aqueles, de fato, interessados em comprar de você. O seu público-alvo.

Sendo assim, o custo por aquisição de cliente (CPA) é muito menor, quando falamos de marketing digital. Por isso, os orçamentos são reduzidos. Mas, para isso, precisamos fazer com que o dinheiro seja melhor empregado.

Definição de Público-alvo e Persona

Parte desse emprego, mais eficiente do seu orçamento passa por você saber quem, realmente, compra o seu produto. Assim, dois termos acabam por surgir. Estamos falando do público-alvo e da persona.

Esses termos são, facilmente, confundidos. E se tocam, em alguns pontos. Vamos começar com o público-alvo, que é o mais conhecido.

Em primeiro lugar, não cometa o erro de pensar (ou querer) que o seu produto seja vendável para todo mundo. Com raras exceções, ninguém consegue fazer isso. A não ser que tenha um catálogo gigantesco. E isso leva tempo.

Ou seja, as pessoas que compram o seu produto ou serviço possuem algumas características em comum. Pode ser sexo, idade, profissão, renda, escolaridade… Enfim, a lista é enorme.

Logo, cabe a sua empresa saber que características sejam essas. Para isso, você precisa perguntar aos seus clientes. Podem ser através de formulários, e-mail marketing ou usando as redes sociais. O importante é ter esses dados.

No entanto, antes de começar a entrevista, reduza o questionário a, apenas, informações necessárias. Ninguém gosta de uma sabatina grande e, certamente, isso poderá arranha a imagem da sua empresa.

Caso você venda para empresas, converse com o responsável pela compra. Nesses caso, talvez, seja interessante que você mude, um pouco o questionário. E, em todos os caso, identifique as tendências e exclua os dados inconsistentes.

Dessa maneira você terá os dados demográficos de quem compra de você. E poderá, assim, direcionar as suas campanhas de marketing de maneira mais assertiva.

Buying Persona

Buying persona ou, simplesmente, persona é um termo derivado do público-alvo. No entanto, ele apresenta algumas diferenças.

Primeiramente, quando falamos de público-alvo, estamos falando ou de pessoas ou de empresas. Com as  personas, são sempre pessoas que são o objeto de estudo e trabalho.

Para facilitar o trabalho, primeiro se elabora o perfil do seu público-alvo. Em seguida, usa-se ele para que se defina a sua persona.

Isso pois a persona possui um rosto. São os seus dados, agrupados, para formar o seu cliente ideal. Esse pode existir ou não. Na maior parte das vezes, a persona estará bastante próxima de todos os seus clientes e compradores eventuais.

Mesmo que você venda, exclusivamente, para empresas, é possível criar uma persona. Nesse caso, você deve se focar nos responsáveis pelas compras. Afinal, são eles que você precisará influenciar para vender.

A persona existe para facilitar o seu trabalho de marketing. Isso pois é mais fácil vender para um rosto que para uma definição genérica, como é o caso do público-alvo.

A Importância da Segmentação Por Região

Dentre os dados que podemos usar para segmentar os seus compradores, existe a segmentação por região. Isso pode significar regiões de qualquer tamanho. Desde continentes até bairros de uma cidade.

Isso se dá por duas razões, basicamente. A primeira é a capacidade logística da sua empresa. No caos, quando você trabalha com produtos físicos.

Isso pois eles precisam chegar nas mãos dos seus clientes. E, em algumas regiões, o valor do transporte pode se tornar um impeditivo para manter os seus preços competitivos. Nesse caso, não vale anunciar para esses lugares.

A outra razão pode ser, simplesmente, por que o seu produto não tem um apelo em uma determinada região. Isso pode se dar por conta que o problema que ele resolve não é um grande incômodo para aquela população, por exemplo.

Ou, como acontece em muitos casos, já existe um concorrente estabelecido na região. Assim, você pode tentar a concorrência direta ou algum tipo de parceria ou aquisição.

De qualquer maneira, sempre existirão locais onde a penetração da sua marca será menor. Nesses caso, especialmente se o seu orçamento é apertado, é melhor focar onde as vendas saem com maior facilidade.

É Possível Comprar Seguidores Por Região?

E, nesse sentido, todos os esforços de uma estratégia de marketing digital devem estar alinhados. Logo, se você deseja comprar seguidores no Instagram, eles, também, precisam respeitar essa segmentação.

É possível, por exemplo, segmentar seguidores por sexo e por quantidade. E isso, também, pode ser importante para a sua empresa, a depender do produto que você venda e do apelo que ele tem sobre um gênero ou outro.

Outro ponto importante, é que os seguidores precisam ser reais e brasileiros. Isso vai conferir uma credibilidade maior a sua marca.

Dentro do seu país, é possível segmentar os seus seguidores pelo estado da Federação, por exemplo. Basta que você selecione o serviço na página de compra.

Isso porque os esforços são bastante semelhantes dentro de um estado. Tanto para a entrega de um produto quanto para a aceitação de uma marca, como citamos acima.

Devemos lembrar que as quantidades vendidas são iguais a qualquer outro tipo de segmentação. Ou, mesmo, dos seguidores amplos. E, consequentemente, os valores, também, são os mesmos.

Além disso, assim que a compra for confirmada, essas pessoas já estarão lhe seguindo. Tudo para que você não perca tempo e já comece a desenvolver o seu trabalho. Entre em contato hoje mesmo e comece a impulsionar a sua marca.

Open chat